Rua Regina Badra 576 Alto da Boa Vista - SP
11 5524 9054

Saiba o que é Euritmia e como ela pode fortalecer a sua imunidade

Saiba o que é Euritmia e como ela pode fortalecer a sua imunidade

Conheça a origem da Euritmia, seus fins pedagógicos e terapêuticos, como ajuda a fortalecer a imunidade das pessoas e como praticar durante a pandemia do Coronavírus

Bastante comum no meio antroposófico, a Euritmia foi criada no século passado e tem ganhado cada vez mais destaque e importância. Conheça um pouco mais sobre ela neste artigo.  

  1. O que é e como surgiu a Euritmia?
    A Euritmia foi criada pelo filósofo e cientista austríaco Rudolf Steiner (1861-1925) que formulou os fundamentos da Antroposofia. Ela surgiu como uma arte de movimento que torna visível, em gestos de braços e de todo o corpo, os sons da fala, os sons da linguagem (vogais e consoantes) e da música (notas e intervalos). Mais tarde ele adaptou esta arte para fins pedagógicos e terapêuticos. Na terapêutica, a forma de realizar os gestos dos fonemas é modificada com a intenção de minimizar as unilateralidades orgânicas ou anímicas, geradoras do desequilíbrio na balança da saúde/doença.

 

  1. Como a prática da Euritmia pode beneficiar as pessoas?
    A prática da Euritmia pode propiciar um espaço interior, aquecer o corpo e a alma. Quando feito diariamente os exercícios passam a fazer parte do despertar interior e imprimem uma marca e um desejo de prontidão no fazer eurítmico. É a força da vontade que impera sobre os hábitos trazendo mais consciência sobre si e o seu viver. É a força do Eu que se propõe ao novo (exercício eurítmico) com presença de espírito. Vale salientar que a procrastinação, ou seja, o ‘empurrar com a barriga’ enfraquece o Eu.  É preciso reservar um tempo para se exercitar assim como temos o costume de escovar os dentes diariamente. 

 

  1. Como posso fortalecer a minha imunidade com apoio da Euritmia?
    Existem exercícios específicos, indicados por Rudolf Steiner na época da gripe espanhola (1918-1920), que podem nos proteger em situações como a que enfrentamos atualmente com o Covid 19, pois fortalece a nossa imunidade. As portas de entrada do vírus são olhos, nariz e boca. Se ele penetra em nosso organismo precisamos estar com o sistema imunológico fortalecido para impedir que a doença se instale.  Para isso é preciso considerar os diferentes aspectos de alimentos que ingerimos (industrializados, orgânicos) ou que nos penetram pelas portas dos sentidos (palestras, filmes, encontros humanos), levando à digestão e a consequente nutrição que acontece através da nossa organização corpórea.

 

  1. A imunidade e o sistema rítmico.
    Apesar do Coronavírus se apresentar como uma doença sistêmica, precisamos ter em mente que pulmão e coração são os órgãos mais afetados pelo vírus, que se propaga através do ar. Por este motivo é imprescindível fortalecer a região central, localizada em nosso tórax, responsável pela respiração e circulação. A oxigenação levada pelo sangue atua em todas as células de nosso organismo corpóreo. Esse sistema localizado no centro de nosso corpo nós o denominamos sistema rítmico, nele pulsa o ritmo de coração e pulmões. O sistema rítmico harmoniza os outros dois sistemas, ele modula as forças do sistema neurossensorial, vindas da cabeça, o polo do pensar, e as forças do sistema metabólico motor, polo do digerir e do agir.Os exercícios propostos pela Euritmia visam fortalecer e harmonizar os três sistemas.  O sistema do meio é o meu centro, ou seja, o local onde aponto quando me chamo de Eu. Onde quer que você esteja é importante estar bem consigo. É um conectar-se e um cuidar de si.

                                                                                            

  1. Qual é a diferença da Euritmia terapêutica para com a Euritmia pedagógica ou artística?
    A Euritmia terapêutica visa promover a saúde do ser humano que se encontra em desequilíbrio e é importante salientar que se trata de uma prática individual. As formas de execução dos gestos se metamorfoseiam conforme a patologia existente. Por exemplo: hipertensão e hipotensão, onde se trabalha os mesmos fonemas, mas, de maneiras diferentes.A Euritmia artística vive na intenção do gesto. Ela quer passar a ideia e o sentimento que vive num poema ou numa música.A Euritmia pedagógica realiza através dos gestos os temas pertinentes à formação de uma instituição que segue os princípios Antroposófico, seja o currículo de uma escola Waldorf ou uma formação para adultos.

 

  1. É possível a prática caseira sem o acompanhamento do terapeuta?
    Neste momento de crise estamos indicando alguns exercícios que visam equilibrar o organismo e aumentar a imunidade. Eles podem ser executados, mas é importante o acompanhamento do profissional para que sejam executados corretamente e tragam os benefícios esperados.

 

  1. Entre os exercícios propostos por Rudolf Steiner, quais poderiam ser aplicados neste momento?

    ‘AMOR – E’
    Um abrir-se ao mundo amorosamente e voltar a si com energia renovada.‘ESPERANÇA – U’
    Com sentimento de esperança na alma eu me conecto aos mundos estelares e de lá recebo a luz calorosa do equilíbrio.

    ‘A – VENERAÇÃO’
    Honrar e admirar o divino que reconheço em tudo que existe no cosmos.

    ‘R – RÍTMICO’
    Movimento harmônico tecendo o pulsar da vida.Estes são os exercícios e as respectivas imagens, que para nós traduzem a essência de cada um deles.

 

  1. Existe atendimento online?
    Sim estamos disponíveis para o atendimento online neste momento, devido ao distanciamento social recomendado pelo Ministério da Saúde. Precisamos cada qual cuidar de si e das práticas diárias, reservando um tempo para exercitar em casa, individualmente ou com os familiares. Esperamos que num futuro próximo possamos nos reunir presencialmente para trabalharmos os exercícios aqui sugeridos, bem como ouvi-los sobre as vivências que tiveram através deles.